Entrevista de Bobby e B.I para a High Cut (Double B)

12 de dezembro 2014 Entrevistas Por Calane

 

Entrevistador: Mix&Match terminou, parabéns por seu futuro debut.
B.I: Passamos por tantas coisas por um longo período de tempo, ser capaz de finalmente realizar um debut, estou realmente animado e antecipando isso. Não posso esperar para experienciar novas situações, mas ao mesmo tempo me sinto como se ainda fosse apenas um trainee.
Bobby: A alegria aumentou. O longo período de preparação (para o debut) não parece ser real ainda. Estou curioso sobre o que mudará quando o debut acontecer.

 

Entrevistador: Quando você começou a sonhar em se tornar um cantor/ídolo? Que tipo de esforços foram necessários antes de se tornar um trainee?
B.I: Inicialmente, eu só queria ser um rapper. Eu estava no ensino fundamental na época. Desde então, continuei a ouvir e escrever canções. Fiz o que gostava, então foi muito interessante.
Bobby: Quando eu estava na América, junto de meus amigos do hip hop, escrevia canções e rap. Por acaso ouvi que a YG Entertainment estaria realizando uma audição, então participei.

 

Entrevistador: Ao que entendi, o período de trainee de ambos é bem longo. Qual é a parte mais dura? O que tornou B.I e Bobby em quem são hoje?
Bobby: Deixar meus pais tão cedo. Foi doloroso e me senti muito sozinho.
Hanbin e Jinhwan-hyung me tornaram quem sou agora. Eles me ajudam a superar a conduta difícil da YG.
B.I: Ter sido derrotado em “WIN”. Me senti péssimo e meu coração doeu muito. Graças a essa época, me tornei quem sou hoje. Experienciar a derrota em “WIN” também foi uma forma de remédio.

 

Entrevistador: iKON compareceu como convidado e realizou a abertura da Japan Dome Tour de Bigbang. Qual é a sensação de estar em frente a uma audiência de 40.000 espectadores?”
B.I: Não importa se o palco é grande ou pequeno, ou o número de pessoas presentes. Apenas o fato de ser capaz de estar em um palco traz alegria. Eu não consegui esconder minha felicidade. Por causa de apresentações como essa, sonho em me tornar um cantor.
Bobby: Após terminarmos nossa apresentação de abertura para Bigbang, nós assistimos a sua performance. Realmente tive inveja daquilo. Me pergunto qual seria a sensação de poder estar em palco daquela maneira no futuro. Meu sonho cresceu um pouquinho mais.

 

Entrevistador: Vamos falar sobre suas primeiras impressões um do outro. Qual aspecto vocês acham que sofreu mais mudanças?
Bobby: Usamos honoríficos na primeira vez que nos encontramos. B.I possui muita força de vontade. Apesar de ser mais novo, acho ele muito assustador. *risos*. Sua força de vontade ainda existe e seu propósito é bem claro.
B.I: Na primeira vez que nos encontramos, fiquei realmente curioso sobre o tipo de pessoa dócil que ele parecia ser. Ele não se revelava. E durante esse período, ele lentamente começou a brincar/fazer piadas. Se eu tiver que o descrever, “um tolo da vizinhança”. *risos*.

 

Entrevistador: Sobre o que vocês falam no bate-papo do iKON? Qual membro fala mais e qual é o homem de poucas palavras?
B.I: Apesar de possuirmos um bate-papo, ele não é ativo. Ninguém conversa nele. *risos*. Ocasionalmente nós postamos algumas fotos engraçadas. É porque estamos sempre do lado um do outro.
Bobby: Exceto B.I, ele apenas lê mas nunca responde. Só diz as coisas que lhe convém. *risos*.

 

Entrevistador: O que você acha do método da YG? Combina com seu estilo musical?
B.I: É muito compatível com o meu. YG é uma companhia baseada em hip hop. Combina com meu estilo de música. Me ajuda e permite que eu faça o tipo de música que quero.
Bobby: O método é perfeito. Nos ajuda a alcançar o estilo musical que desejamos. Entrei na YG há quatro anos já. Portanto, acumulei algum conhecimento musical e meu sonho tornou-se maior.

 

Entrevistador: É inevitável competir contra WINNER, que faz parte da mesma companhia que vocês? Especialmente quando ambos possuem estilos diferentes. Vocês têm confiança o suficiente para ultrapassar WINNER?
Bobby: Ao invés de pensar “nós vamos competir contra eles?”, competiremos um contra o outro de forma saudável.
B.I: As habilidades dos hyungs do WINNER são muito fortes. Precisamos trabalhar mais, nos esforçar mais. Para nós, é um estímulo saudável.

 

Entrevistador: Quem é o mais famoso em sua lista de contatos?
B.I: Psy-hyung. Conversamos ocasionalmente por conta da música. Ele é extremamente cordial comigo.
Bobby: Teddy-hyung. Na verdade, tenho medo de conversar com ele. Mas se nos encontrarmos, ele me trata bem e me auxilia.

 

Entrevistador: iKON possui sete membros agora. Se você pudesse adicionar outro artista da YG, quem escolheria?
B.I: YG-sajangnim. Se YG fosse adicionado, significaria que nosso debut aconteceria mais rápido, não? *risos*. Não posso esperar pelo debut.
Bobby: Teddy-hyung. Hyung sabe como escrever canções e entende sobre tendências. Se ele se juntasse ao grupo, eu seria capaz de aprimorar ainda mais.

 

Entrevistador: Sendo um trainee na YG por anos, há alguma regra de ‘proibição de namoro’ aplicada a você?
B.I: Sim. Não sei por quanto tempo isso irá durar (a regra). Porque somos trainees que ainda realizarão seu debut, precisamos continuar e perseverar. Os últimos quatro anos já se passaram. *risos*.
Bobby: Apesar de estar solitário, tenho que suportar isso. *risos*.

 

Entrevistador: Há algum músico que você respeita ou alguém que te inspira?
Bobby: Michael Jackson. Meu pai também é um fã de Michael Jackson. Parando para analisar agora, ele com certeza é um artista extraordinário. Ele criou uma era, merecedor de respeito.
B.I: Michael Jackson. Ele é o mais famoso e é legendário.

 

Entrevistador: A batalha final de Mix&Match aconteceu no aniversário de B.I. Terminadas as performances, os membros fizeram uma festa surpresa para você. Há algo de interessante que aconteceu naquele dia?
B.I: Também desejava coisas interessantes. Haviam filmagens após o fim das performances, então eu imediatamente fui para a cama. Durante as filmagens de cenas dormindo, eu realmente dormi. Deveria ter participado de uma festa com os membros. Nós estamos juntos há 4 anos e nos tornamos lentos em relação a esse tipo de coisa. *risos*.

 

Entrevistador: Bobby disse anteriormente que se ele viesse a se tornar o vencedor do Show Me The Money, traria sua família para a Coreia. Você está com seus pais agora?
Bobby: Tive uma conversa séria com minha mãe. Meu objetivo é os trazer para cá no próximo ano ou em 2016. No momento, minha família está na América.

 

Entrevistador: Mithra de Epik High disse que tem inveja dos talentos de B.I. Você o encontrou depois disso?
B.I: Não o encontrei pessoalmente ainda. Só conseguimos nos cumprimentar. Apesar de não ter me dado conselho algum, ele me trata muito bem.
Bobby: Mesmo estando no mesmo time que B.I, também invejo seus talentos. Sou muito grato por sua completa dedicação ao time.

 

Entrevistador: B.I não é o mais velho, mas é o líder. Há alguma dificuldade em liderar o time?
B.I: Os hyungs são todos bondosos. Quando fico com raiva ou impaciente, eles aceitam isso. O mesmo vale aos dongsaengs. Então não existem quaisquer dificuldades em liderar o time. Na verdade, eles me ajudam muito.

____

Fonte: KIMJ1WON

Trad JP-PT: Letícia Filloy

Equipe iKON Brazil

Não retire sem os devidos créditos

Post escrito por Calane