[ENTREVISTA] BOBBY PARA A REVISTA ARENA HOMME – EDIÇÃO DE DEZEMBRO

15 de novembro 2016 Sem categoria Por Angel

restmb_jhidxmake-2

Faz pouco tempo que você participou de um programa onde você fez uma viagem com o seu pai. O fato de vocês, seu pai e seu irmão mais velho terem a mesma tatuagem causou uma impressão. Se você fosse fazer uma nova tatuagem, o que gostaria de fazer e onde?

Bobby: Eu não faço ideia. Todo mundo tem cicatrizes e marcas, não é? Eu gostaria de cobrir uma cicatriz com uma desenho bonito, assim uma cicatriz feia se tornaria algo bonito.

Falando no seu pai…Ele é incrível! Não é comum país e filhos terem uma amizade tão forte como a de vocês, mas ele parecia muito confortável tratando vocês livremente de igual para igual.

Bobby: Nosso pai é muito legal. Meu pai tinha um sonho, mas ele deixou esse sonho para trás pela nossa família. Ele era um artista, mas por escolher a família, ele não conseguiu ganhar muito dinheiro.

Ele assumiu a responsabilidade de uma família e trabalho muito, até o ponto que ele se machucou.  Eu acho que eu não conseguiria fazer isso, se estivesse no lugar dele.

Mas você não escolher vir para a Coreia sozinho e ganhar dinheiro pela bem da sua família também?

Bobby: Sim. Esse também é o meu sonho, trazer felicidade a minha família.

Então você tem um senso de responsabilidade também. Você é como o seu pai.

Bobby: É mesmo? Eu também sou legal? *risos*

O que você tem pensado ultimamente? Sua letras parecem refletir seus pensamentos.

 Bobby: No começo, eu fazia raps visando passar positividade as pessoas. Mas agora depende da situação ou do tema. Eu sou atraído por algumas coisas. Agora eu quero passar para as pessoas reais sentimentos.

O que o Bobby pensa que é uma “imagem hip-hop”?

Bobby: Hip-hop não se resume só a música. Eu penso nisso como uma grande cultura, onde moda, música e dança se encontram. Eu acho que hip-hop é você ser forte, sem se importar com o que os outros irão dizer ou como irão te olhar. Mostrar o seu verdadeiro eu. É isso o que eu penso.

O Bobby capturado nas imagens de hoje é uma parte do seu verdadeiro eu?

Bobby: Eu não tenho certeza… No momento eu estou numa fase em que eu imito as fotos dos modelos que eu vejo. Para mim, ainda é difícil conseguir mostrar minha essência nas fotos. Mas fazer sessões de fotos é muito divertido e ótimo para eu encontrar uma forma de mostrar os vários lados do meu verdadeiro eu.

Se você pudesse trabalhar com figuras legendarias que são/foram músicos, com quem você gostaria de trabalhar?

Bobby: Eu já disse isso algumas vezes, seria o Dynamic Duo. Eu comecei a fazer rap por causa deles. E eu tambpem respeito muito a Yoon Mirae.

Já que você já disse algumas vezes, eles já devem saber que você gostaria de trabalhar com eles.

Bobby: Eu tenho o numero de telefone deles. A Yoon Mirae me disse que posso entrar em contato com ela quando eu quiser. Eu quero encontrar a oportunidade perfeita para trabalhar com eles. Eu continuarei me esforçando para criar músicas boas e então poder trabalhar com eles.

As palavra “Swag” tem sido dita muito nos dias de hoje. O que o Bobby pensa sobre o que é ‘Swag’?

Bobby: Quando você achar que algo é maneiro e legal apenas diga ‘Swag’ com seu queixo levantado e isso é o bastante.

Como o Bobby será nos seus 30 anos? Será que você ainda terá tanto ~Swag~ quanto tem agora?

Bobby: Quando eu olho para o Teddy-hyung, eu sinto que ele é cheio de Swag. Esse hyung é realmente muito maneiro. Porque ele ainda continua sonhando e fazendo o que quer.

Qualquer pessoa nos 30 anos que ainda segue seus sonhos é muito legal. Uma pessoa que encontra alguém que realmente ama e constrói uma família é ainda mais legal. Eu ainda não tenho uma resposta concreta para isso, mas eu acho que descobrirei com o passar do tempo.

Você e o Mino formaram uma unit chamada MOBB. Como unit vocês lançaram duas faixas e uma faixa solo cada. Você mencionou que haviam outras músicas que não foram incluídas no álbum.

Bobby: Foi ótimo termos lançado essas músicas como uma unit, mas foi uma pena que lançamos apenas 4 músicas. Diferente das faixas pesadas que lançamos, também tínhamos músicas leves, que falavam sobre amor. É uma pena que não conseguimos apresentar isso ao publico.

Sua faixa solo finalmente saiu. Há muito que você deseja mostrar e seu estado mental parece diferente dos outros?

Bobby: Seja na música ou na moda, eu quero mostrar lados de mim para as pessoas que eu gostaria que elas vessem. Eu não quero me preocupar com o que os outro irão pensar disso, eu só quero fazer minha música e ficar satisfeito com isso. Eu estou feliz que eu tenha conseguido passar esse tipo de pensamento através das minhas músicas.

©ikonrelatable

Tradução: Angel

Equipe iKON Brazil

Não reire sem os devidos créditos

Post escrito por Angel